Apoio e informação.

Para você entender o reajuste e, se precisar, alternativas para manter seu plano.

Como administradora de benefícios especializada em planos de saúde regionalizados, o Clube de Saúde oferece cobertura e qualidade de atendimento a preços acessíveis. São opções exclusivas, respeitando seu orçamento e momento de vida.
11 4003-9881
Se preferir, ligue 4003-9881 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 016 2000 (demais regiões).

Por que a operadora precisa reajustar o plano?

Para manter a continuidade e a qualidade dos serviços prestados pelo seu plano.
Para a manutenção de coberturas e implantação de novas tecnologias.
Para o equilíbrio das despesas médicas e hospitalares do contrato.

Como minha administradora, qual é o papel do Clube?

Analisar as informações enviadas pela sua operadora mensalmente.
Validar o cálculo de reajuste e negociar o menor índice possível.
Oferecer outras opções de planos que atendam seu momento de vida.
Oferecer consultoria, entendendo sua necessidade, para a sua melhor escolha.
Dar suporte especializado para as suas necessidades junto à sua operadora.
Assegurar as melhores parcerias e benefícios junto às operadoras e entidades de classe.
R$ 6 bilhões foi quanto os clientes economizaram nos últimos 8 anos, por conta das negociações realizadas pelas administradoras junto às operadoras na hora do reajuste anual.
Fonte: Associação Nacional das Administradoras de Benefícios – ANAB.

Como vai funcionar a cobrança do reajuste em 2021.

Veja um exemplo com valores ilustrativos*.

Valor da mensalidade atual

R$ 100,00
valor da parcela da recomposição 2020**

R$ 3,33
índice de reajuste 2021

10% = R$ 10,00
VALOR DA MENSALIDADE REAJUSTE 2021:

R$ 113,33
*Outros valores poderão incidir na cobrança das mensalidades, como: taxa associativa, coparticipação, movimentações cadastrais, produtos opcionais, entre outros, e estarão detalhados no demonstrativo de lançamentos de sua mensalidade.
**Valor diluído em 12 parcelas ao longo de 2021, referente à recomposição do reajuste 2020, somente para os clientes que tiveram a cobrança suspensa por algum período no ano passado.

O reajuste pesou no seu bolso e você precisa de alternativas?

O Clube entende e vai ajudar você.

Preparamos opções especiais sempre adequadas ao seu momento de vida.

Dúvidas frequentes

Todos os anos, diversos tipos de serviços passam por reajustes, vinculados sempre a algum tipo de índice do mercado, órgão regulador ou contrato.

No caso dos planos de saúde e/ou odontológicos, isso não é diferente. Todos os anos, conforme previsto contratualmente, seu plano poderia ser  reajustado de acordo com o índice determinado por sua operadora. No entanto, em razão da modalidade do plano ser coletiva, sua administradora tem o papel de negociar  a aplicação do menor índice. É sua administradora que realiza as análises e reuniões necessárias para propor à sua operadora sempre a menor aplicação.

É importante lembrar que o reajuste anual não está vinculado ao mês que você contratou seu plano de saúde coletivo por adesão, mas ao aniversário do contrato coletivo que a administradora tem com a sua Operadora e entidade de classe.

Essa resposta foi útil?

O reajuste anual se faz necessário para realizar o equilíbrio entre o valor que se paga pelo plano e a prestação de serviços realizada pela operadora. Para chegar ao valor de reajuste, algumas questões são consideradas, como:

• A continuidade e a qualidade dos serviços prestados pelo seu plano.
• A manutenção de coberturas e implantação de novas tecnologias.
• O equilíbrio das despesas médicas e hospitalares do contrato.
Essa resposta foi útil?

O reajuste por mudança de faixa etária acontece para equilibrar os custos com os novos cuidados que vamos necessitando à medida que atingimos novas idades.

Assim como o reajuste anual, esse reajuste está previsto em contrato e respeita as regras da Agência Nacional de Saúde (ANS).

A partir de janeiro de 2004, a ANS estabeleceu em quais idades os planos devem ser reajustados. Antes disso, os períodos de reajuste eram estabelecidos contratualmente.

Conheça as idades com reajuste estabelecidas pela ANS para planos contratados a partir de 2004:

• 19 anos
• 24 anos
• 29 anos
• 34 anos
• 39 anos
• 44 anos
• 49 anos
• 54 anos
• 59 anos

É importante esclarecer que o reajuste por faixa etária acontece para cada membro do contrato, à medida que ele completa a idade estabelecida para o reajuste. Diferente do reajuste anual, este índice não é negociado e já está definido em contrato no momento da contratação.

Essa resposta foi útil?

Não existe um cálculo padrão. Cada operadora e cada contrato coletivo tem metodologias específicas Mas, no geral, as operadoras analisam os dados dos últimos 12 meses, considerando:

• Despesas assistenciais x receitas do plano.
• Variação dos custos médico-hospitalares.
• Investimentos em tecnologia, novos tratamentos e medicina diagnóstica.

A decisão final da aplicação do reajuste é da Operadora de Saúde. A Qualicorp, como sua administradora de benefícios, representa seus interesses analisa todos estes dados e negocia com a sua operadora o menor índice de reajuste possível, sem comprometer a qualidade do plano.

Essa resposta foi útil?

Diferentemente dos planos individuais e familiares, nos quais o índice de reajuste é determinado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), no plano coletivo por adesão, a Agência não define percentual máximo de reajuste anual por entender que esses planos possuem maior poder de negociação junto às operadoras. E, por isso, planos coletivos normalmente têm preços muito menores do que planos individuais.

Essa resposta foi útil?

Pode acontecer. Isso porque o seu plano é coletivo por adesão, contratado por meio de uma entidade de classe. E o índice definido pela ANS é válido apenas para os planos individuais ou familiares.

No seu caso, o índice de reajuste é definido com base nas regras do contrato realizado entre a operadora, entidade de classe e administradora (no caso, o Clube de Saúde). Vale lembrar que, graças aos ganhos proporcionados pela força da coletividade, normalmente, os planos coletivos por adesão são bem mais baratos em relação aos planos individuais e familiares.

Essa resposta foi útil?

Sim, pode acontecer. Isso porque o cálculo do índice de reajuste é diferente.
Ele não é baseado somente em preços. Envolve outras questões como a relação entre as despesas assistenciais e receitas do plano, variação dos custos de saúde e incorporação de novas tecnologias e procedimentos médicos. Fatores como o uso crescente e frequente de tecnologias sofisticadas e mais caras, somados ao aumento da idade média da população (que exige mais cuidados), também colaboram para onerar os custos médico-hospitalares.

Para reduzir o impacto desses fatores e consequentemente o índice de reajuste, o Clube de Saúde lidera algumas iniciativas, como a ampliação da base de beneficiários, o estímulo do uso consciente do plano e apoio às campanhas que promovem à medicina preventiva.

Essa resposta foi útil?

Sim, pode acontecer, caso sejam reajustes por motivos diferentes. Você pode ter o reajuste anual, que está relacionado ao aniversário do contrato coletivo por adesão, e ter o reajuste por faixa etária.

O reajuste por faixa etária aplica-se no mês subsequente ao que o beneficiário atinge a idade inicial de cada faixa etária estabelecida em contrato e pode ocorrer tanto pela mudança de idade do titular como dos dependentes do plano. O reajuste anual ocorre no mês de aniversário do contrato e, portanto, é possível coincidir com o reajuste por mudança de faixa etária de um dos beneficiários do plano.

Essa resposta foi útil?

O reajuste anual é aquele relacionado ao aniversário do seu contrato coletivo. Ou seja, a cada 12 meses, no mês de aniversário do contrato, independentemente do mês da sua adesão ao plano e da idade, o valor da mensalidade é reajustado. O aumento aplicado em razão da mudança de idade do beneficiário é chamado de reajuste de faixa etária, ele ocorre cada vez que o beneficiário atinge uma determinada idade que representa o início de uma nova faixa etária, possui regras diferenciadas em função da data de contratação do plano e respeita as regras do Estatuto do idoso que passou a vigorar em 01/01/2004.

Essa resposta foi útil?

Pode ser ou não, vai depender da decisão e negociação do Clube de Saúde com cada Operadora de Saúde.
Para saber especificamente sobre o seu plano, entre em contato com a gente:

4003-9881 – Capitais e regiões metropolitanas
0800-016-2000 – Demais regiões

Essa resposta foi útil?

Coparticipação é a participação na despesa assistencial a ser paga pelo beneficiário sempre que houver a realização de determinados procedimentos, respeitadas as resoluções e instruções normativas da ANS. O reajuste da tabela ocorrerá conforme previsto em contrato e conforme negociação com a Operadora. Destacamos que o percentual do reajuste da tabela de coparticipação poderá ser diferente do reajuste da mensalidade ou poderá não ocorrer

Essa resposta foi útil?

Entre em contato com a gente pelo WhatsApp (11) 4003-9881. Criamos esse canal exclusivo para atender esse tipo de situação. Se preferir, você também pode ligar para 4003-9881.

Essa resposta foi útil?

É o Clube de Saúde que você deve procurar em caso de qualquer dificuldade sobre esse assunto. Aqui, opções que cabem no seu bolso não faltam, e quem já é nosso cliente conta com condições exclusivas. Grandes operadoras de saúde do mercado, bem como as entidades mais confiáveis e renomadas, fazem parte do portfólio do Clube de Saúde. Juntos, vamos buscar alternativas para você continuar contando com um plano de saúde de qualidade.
Entre em contato com a gente pelo WhatsApp (11) 4003-9881. Você terá um atendimento exclusivo e adequado ao seu momento de vida.

Essa resposta foi útil?
Ainda não é cliente?